• Descrição do curso

    Um dos maiores melodistas brasileiros e professor de ícones da MPB, como Sérgio Mendes e Ivan Lins, o compositor e arranjador Francis Hime tem jeito muito leve e descontraído, ao mesmo tempo em que é didático e profundo ao falar de música. Após o sucesso no primeiro módulo, ocorrido ano passado, vem agora o módulo 2 do curso de composição e arranjo.

     

    O curso contempla público  de músicos, cantores e interessados em história da MPB e processos criativos. Cada aula tem quatro blocos. No primeiro, Francis expõe as circunstâncias da criação da música, aborda curiosidades sobre o parceiro. Em seguida, ele toca a música. Na terceira parte, Francis faz uma análise detalhada da canção, comenta sobre e arranjos (banda e orquestra). O final de cada aula será de bate papo com os alunos, com perguntas e respostas que vão representar um momento raro de aprender mais a fundo com o compositor. E o dever de casa em cada aula é reservado a quem deseja compor com ele. Mas não é obrigatório o aluno compor. Nem precisa saber ler ou escrever partitura.

     

    “Na aula de PASSAREDO, por exemplo, eu vou pegar um outro tema de minha autoria menos conhecido, mostrarei alguns compassos da peça e vou propor aos alunos desenvolver uma melodia a partir da minha melodia inicial e trazer na aula seguinte para ser comentada por mim e pelos colegas em sala”, descreve Francis.

     

    Você também vai receber partituras bônus, certificado do Acervo Violão Brasileiro e poderá participar de um grupo de WhatsApp do curso. Esta é uma rara oportunidade de aprender com Francis.

     

    DIMÂMICA DAS AULAS

     

    Francis Hime vai desenvolver suas ideias e compartilhar seus conhecimentos com foco em determinada canção composta por ele. Dessa maneira, o tema central da Aula 1 (02 de fevereiro) será  PASSAREDO (feita em parceria com Chico Buarque).  No encontro seguinte (dia 09), o tema central vai ser PARCEIROS (que tem letra de Milton Nascimento). Já a terceira aula, em 23 de fevereiro, será dedicada ao tema LUA DE CETIM (que Francis criou com Olívia Hime). Encerrando o curso (20 de março), vem o samba EMBARCAÇÃO (outra com letra de Chico Buarque).

     

    TODA TERÇA-FEIRA (de 2 de fevereiro a 2 de março), das 19h às 21h

     

    Aula 1 (02/02) - Passaredo (parceria com Chico Buarque)
    Aula 2 (09/02) - Parceiros (parceria com Milton Nascimento)
    Aula 3 (23/02) - Lua de Cetim (parceria com Olívia Hime)
    Aula 4 (02/03) - Embarcação (parceria com Chico Buarque)

     

    OBS: não haverá aula no feriado da terça-feira de Carnaval dia 16 de  fevereiro.

  • Sobre Francis Hime

    Francis Hime é autor de algumas das melhores canções em todos os tempos, a exemplo de Trocando em Miúdos, A Noiva da Cidade, Passaredo, Embarcação, Vai Passar e as já citadas Atrás da Porta e Meu Caro Amigo (essas com letra de Chico Buarque). Francis também escreveu melodias antológicas como Saudade de Amar e Anoiteceu (letradas por Vinícius) e Choro Incontido (com Paulinho da Viola) entre dezenas de pérolas da MPB.

     

    Como arranjador e orquestrador, Hime para vários artistas como Milton Nascimento, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Clara Nunes, Olívia Hime, Toquinho, Fafá de Belém, MPB-4 e Chico Buarque (para quem assinou também a direção musical dos LPs Meus Caros Amigos, Ópera do Malandro, Vida e Almanaque), além de escrever quase todos os arranjos do LP Chico Buarque 1978.

     

    No campo da música clássica, escreveu a Sinfonia nº 1 e o  Concerto para violão e orquestra, em três movimentos, dedicado a Raphael Rabello. Também compôs a trilha sinfônica Suíte da Terra Encantada, com textos de Olívia Hime e Paulo César Pinheiro. É autor ainda da "Fantasia para piano e orquestra" e da Sinfonia do Rio de Janeiro de São Sebastião, peça cantada, com letras de Paulo César Pinheiro e Geraldo Carneiro, em cinco movimentos.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca ícone do YouTube
  • Ícone do Instagram Branco
  • Branco Twitter Ícone

O Acervo Digital do Violão Brasileiro tem o compromisso de buscar mecanismos para registrar e preservar a memória do violão brasileiro, discutir os mais diversos temas relacionados a ele no Brasil, apresentar o novo e criar novas plateias.

Telefone:  (11) 97615-8514

E-mail: acervoviolaobrasileiro@gmail.com

Rua Caraíbas, 1199, apt 102 A, Perdizes, CEP: 05020-000 São Paulo-SP

CNPJ: 03.384.792/0001-33